gallery/logo_esqueleto_caiaque_sem_fundo_sem_letra

Tipos de Caiaques

Diante das evoluções de processos modernos na produção de peças plásticas, das resinas e da ferramentaria, o caiaque passou por profundas mudanças, visando atender suas diversas formas de utilização. Foram desenvolvidos modêlos para navegação em oceano, caiaques tipo sit-on-top para pesca e lazer, outros para corredeiras, surf, competição, etc.

Existem caiaques fabricados em madeira laminada, revestida com resina epoxi especial, caiaques em fibra de vidro que são normalmente em fundo redondo tipo fechado (como são os dos esquimós) e os rotomoldados em polietileno de média ou alta densidade, estes últimos mais modernos e de nosso interesse.

Tanto os caiaques de pesca como os de uso geral e lazer, todos rotomoldados, possuem fundo plano dotado de quilha (vide desenho abaixo) proporcionando grande estabilidade sem prejudicar seu desempenho durante as remadas, ajudando manter a proa, ou seja, o sentido de navegação

O formato do fundo de um caiaque é muito importante quanto a sua hidrodinâmica, ou seja, é o que caracteriza sua performance ou navegabilidade. Toda a parte da embarcação que tem contato com a água durante a navegação (conhecido como "obras vivas"), é responsável pela hidrodinâmica e o desempenho da embarcação durante seu deslocamento. As partes que não entram em contato com a água mas que fazer parte de sua estrutura é denominada "obras mortas": estas não influenciam na sua navegabilidade. Veja desenhos abaixo.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Assim, surgiram os caiaques especiais rotomoldados para pesca, com fundo plano dotado de quilha, tipo sit-on-top, com estrutura (obras mortas) suficiente para atender o pescador como o assento, caixas fechadas para acomodação de máquina fotográfica, iscas, celular, lanches, etc., proporcionando conforto, segurança e bom deslocamento ao usuário.

Todo este desenvolvimento tem ocorrido devido ao forte crescimento do uso de caiaques para pesca, dentre outras atividades, cuja prática está cada vez mais difundida devido seu baixo custo e sua simplicidade, onde as fábricas estão criando caiaques cada vez mais eficientes, leves e funcionais.

Existe ainda a possibilidade de customizar o caiaque inserindo equipamentos cada vez mais sofisticados, tais como sonar (fishfinder), suportes reguláveis para varas, rádio de comunicação, bússola, além do cabo para poita, caixa para isca viva, vela para deslocamento, etc.

Trata-se de uma proposta muito interessante do ponto de vista ecológico, uma vez que o uso destas embarcações não geram qualquer tipo de poluição, proporcionando total integração do usuário pescador à Natureza.

Não é necessário nenhum tipo de documentação obrigatória junto à Marinha para o uso deste tipo de embarcação.

gallery/desenho_quilha
gallery/obras_vivas